Posted by : Monik Ornellas

Eu costumo dizer uma frase que é um pouco grosseira, mas que resume esse pequeno probleminha, rs, chamado ‘prisão de ventre’: “Uma pessoa com prisão de ventre é tão apegada às coisas que não larga nem a própria M”.


Tem coisa mais desconfortável do que se sentir “cheia”? Intestino pesado... ficamos inchados, presos e literalmente ‘enfezados’!


O intestino é um cara muito interessante por que ele diz para nós que precisamos fazer movimento e colocar as tralhas para fora, literalmente, rs. Aliás, ele diz muitas, muitas coisas legais, além disso! E tome pílula de consciência! rsrs


Uma pessoa que sofre de prisão de ventre, como disse inicialmente, é muito apegada. Pode ser apegada às coisas, às pessoas, ás situações ou simplesmente – e normalmente – muito apegadas aos próprios conceitos, às próprias verdades.


Olha que interessante: pessoas constipadas normalmente criam o hábito de ingerir muitas fibras, porém, as fibras sozinhas não fazem muito, pois para que elas funcionem é preciso de muita água, muuuuita água!!!


Água é flexibilidade, é fluidez! Para que o intestino lhe obedeça, para que seus movimentos peristálticos possam ocorrer é preciso de água para movimentar e permear tudo aquilo que está preso ali. Resumo: é preciso ser flexível na vida, fluir dentro das dificuldades, perceber as possibilidades de mudança e partir para esse processo sabendo que muita coisa terá que ser descartada, pois nesse novo nível no qual se pretende chegar, estas, não lhe servem mais!


Então, a prisão de ventre nos fala dessa dificuldade ao desapego, de deixar, de liberar e também do medo do novo, daquilo que não conhecemos, do desconhecido sobre nós mesmos. Enfim, é uma baita dificuldade de evoluir dentro das situações e da vida!




Para que você possa se alimentar de outras coisas, é preciso soltar aquilo que já consumiu e mais do que isso, é necessário que nesse processo de digestão, você tenha feito as separações entre aquilo que lhe serve e o que pode ser descartado. Mas, se você não sabe distinguir muito bem o que é bom ou ruim para você, como jogar fora? Como fazer uma escolha sem saber se ela é certa ou errada? Na dúvida, não escolho! E dá-lhe intestino preso!!!


Com isso, as fezes ficam estagnadas, pois, da mesma forma que não conseguimos nos movimentar, o intestino também não consegue fazer sua peristalse... e a água vai sendo re-absorvida, então não só as fezes, como nossas idéias pré-concebidas vão se cristalizando dentro de nós.


Intestino nos fala do final de um metabolismo, da transformação das coisas, da separação delas e como isso é necessário, pois se não o fazemos, ficamos entulhados daquilo que só atravanca nosso caminho.


Uma das coisas mais eficazes para um bom intestino funcionar é começar a reconhecer o que precisamos “deixar ir” e começar a fazê-lo conscientemente. O que vejo é que entre objetos, pessoas, situações e idéias, são as idéias e conceitos os itens que mais causam dificuldade no desapego, por que normalmente nos sedimentamos em verdades que se tornam tão amalgamadas em nossa personalidade, que deixá-las ir é como perder uma parte de si mesmo, parte da própria identidade. E é isso mesmo!


O ideal é sermos e termos verdades mutantes que sempre podem ser moldadas ou aperfeiçoadas de acordo com as novas percepções que vamos obtendo ao longo do caminho. E assim, as escolhas se dão, deixamos ir pessoas, relacionamentos, situações, empregos e idéias que não nos cabem mais e conseguimos fluir sem tanta dor e apego, como se estivéssemos surfando numa onda.


A onda das peristalses felizes da vida! rsrsrs


Laranja Amarga
Equilibrando:
Faça uma mistura em 10ml de óleo vegetal carreador (semente de uva ou o que você tiver preferência) e 15 gotas de laranja amarga e massageie toda a região da barriga, com movimentos circulares, da direita para esquerda (na direção das alças do intestino), por pelos menos 20 minutos. Reserve o óleo em um recipiente escuro ou âmbar. Com esses 10 ml de óleo, você pode fazer pelo menos uns 20 dias de massagens, faça no mínimo uma por dia, até seu organismo pegar o ritmo!


Inicialmente é normal sentir uma dorzinha devido o acúmulo de gases e fezes presas, mas com a continuidade da massagem, as dores se dissipam.


ATENÇÃO: não exponha sua barriguinha ao sol durante pelo menos 12 horas, você corre o risco de ficar parecendo um(a) palhacinho(a), pois todo cítrico é fotossintetizante.


Existem outros óleos que podem ser agregados, porém, eles dependem muito da conformação psicológica de cada pessoa, o óleo de Laranja amarga, atua bem não só na prisão de ventre, como também na diminuição dos gases acumulados, o que muito normal na constipação.


NÃO ESQUEÇA! BEBA MUUUUITA ÁGUA!


Observações muito Importantes:
1. Não confunda Óleo essencial com essência. É necessário o uso de óleos essenciais puros misturados à carreadores (cremes, óleo ou gel) para tratamentos que tenham contato com a pele. Já na aromatização de ambientes, você pode usar essências.

2. Nenhuma dessas indicações substituem a ida ao médico e o uso de remédios, use-as como terapia complementar, ok?



{ 3 comentários... read them below or Comment }

  1. Nick, no ponto!!! Nevrálgico!!! Me amarro nos seus posts e esse me caiu como uma luva, parece até que foi escrito especialmente para mim! Risos.

    Beijokas peristálticas!

    Pat

    ResponderExcluir
  2. Beijos peristálticos??? hahaha

    Não deixa isso virar moda, peloamordedeus!

    Obrigada Pat!

    ResponderExcluir
  3. Vou jogar aqui uma pergunta que me fizeram no Forminspring, pertinente à esse post, segue:

    PERGUNTA: Muito bom o texto. Como sempre pertinente. Mas quando é ao contrário, isto é, a pessoa tem o intestino solto demais? Qual é o desquilíbrio? Bjs Andrea

    RESPOSTA: Olá Andréa, depende desse "solto". O ideal seria irmos ao banheiro no mínimo de 2 vezes ao dia. Algumas pessoas conseguem comer e em seguida evacuar, acho perfeito.
    Mantém o intestino em pleno funcionamento e nada fica retido.
    É interessante analisar se existe desconforto, ou, se a pessoa se sente 'diferente' somente por não funcionar como todo mundo.

    ResponderExcluir

Deixe suas dúvidas ou mande um e-mail.

- Copyright © Consciência na Realidade - Skyblue - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -